Sou da dúvida a pergunta, não a resposta... e isso por si só me basta! Não sou um ponto de ?interrogação? Mas, uma pausa no tempo... onde as reticências recitam poesia...

"Sou gaúcha é isso é certo, traga a chama da emoção o amor por esta terra... honrando sua tradição!"


quarta-feira, 25 de maio de 2016

Dia dos namorados, Valentine's Day, Saint Valentin, Día de San Valentín, День святого Валентина... Amor é linguá universal!




Simplesmente amo você

Pulsa em mim este amor lateja em minhas veias,
Imenso amor por você... Desejo este amor
Com toda a intensidade do meu ser,
Sem teu amor não consigo viver, 
Eu simplesmente... Amo você!
Amo e hei de amar por toda a vida,
A cada batida, a cada respiração...
Pulsa em mim esta paixão, este amor latente ardente
Pulsa no compasso do meu coração,
Esta overdose de amor que trago nas minhas veias,
Tatuou minha alma, pra eternidade tua metade...
Este vício de você, esta mania de ti ter este bem querer, 
Que me faz sorrir que me faz, feliz...
Você é meu destino meu caminho predestinado,
Meu menino, meu amado...
Levo você em mim por toda a vida até a última batida!





“O amor não nos torna fracos, apenas nos mostra
 a verdadeira força do que realmente importa!”



Poesia dos namorados


                    Amor

Eis em mim o amor em seu estado bruto
Amor que está presente em tudo,
Amor imortal... incondicional
De almas que no amor unem-se pela eternidade,
Amor este, que nem a morte pode conter
Que não pode ser subjugado... domado,
Ama e ama sem restrições, sem amarrar ou grilhões
Amor além da vida que renasce a cada batida
Incapaz de ser metade, busca a cada renascimento
Seu amor sua metade pra toda a eternidade!


Dia dos namorados - Ame e serás amada, pois sou o amor e agora lhe fiz morada...







            





                   O amor...


O amor veio bater em minha porta
Adentrou com a fúria de um furacão,
Varreu-me, de todos os meus temores,
Levou meu maior medo, o de amar,
E então a fúria se transformou
Em uma brisa suave, envolvente
...Olhei em volta,
Não havia nem um só espaço vazio,
Onde outrora era escuro e sombrio,
Agora se fazia iluminado,
Repleto de uma luz tão brilhante
E de um calor tão intenso,
O frio que congelava minha alma,
Não mais se fazia presente...
Minha alma meu corpo todo meu ser ardia,
Queimava em uma consumição maravilhosa,
Ouvi então uma melodia suave
Quase comovente, era você...
E sussurrando em meu ouvido disse:
- Ame e serás amada,
Pois sou o amor e agora lhe fiz morada!


terça-feira, 24 de maio de 2016

Ampulheta do tempo "Arei vivida já escorrida Vira pó não volta a ser grão..."


Ampulheta do tempo
Escorre de grão em grão,
Arei vivida já escorrida
Vira pó não volta a ser grão.


O tempo me escorre entre os dedos
A vida me escapa das mãos,
Retorna o grão a poeira
Nuvem dissipando no tempo
Fumaça lembrança em pensamento.


Não posso parar o tempo
Não posso andar pra trás,
Só posso sentir saudade
Que a fumaça me traz.


Retenho em mim a areia
Saboreio cada grão
Que escorre da ampulheta
E me escapa das mãos.