Sou da duvida a pergunta, não a resposta... e isso por si só me basta! Não sou um ponto de ?interrogação? Mas, uma pausa no tempo... onde as reticências recitam poesia...

"Sou gaúcha é isso é certo, traga a chama da emoção o amor por está terra... honrando sua tradição!"


quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Direito autoral. Sou gaúcha, e isso é certo trago a chama da emoção o amor por esta terra... honrando sua tradição.

     Meus queridos, permitam um desabafo dessa poetisa; estou bastante chateada, é só fazer uma pesquisa na net para ver o desrespeito com os poetas, poesia é sim para ser compartilhada, é feita para levar emoção aos corações e sim nós as postamos, mas isso não dá o direito de nos intitularmos autores, o que me chateie muito não é ver minhas poesias órfãs da minha autoria, mas vê-las postadas e assinadas por usurpadores que sequer sabem rabiscar um verso, sim, pois se soubessem entenderia porque o mundo está cada vez mais pobre de poesia, o único pagamento que os poetas recebem é justamente o reconhecimento. Chateada!...


Um desabafo não do criador, mas da criação...

sou poesia, rimas escolhidas
emoção expressada em versos,
sou sentimento recitado...
E em letras rabisca,

Sou parte do meu criador

do poeta que sentiu a dor
que sorriu a alegria
e que sorveu o amor,

sou sussurro livre a quem quiser ouvir

lágrima jamais contida, sou tinta... sou tinta,
sou alegria escancarada, gargalhada ecoada
...que despertam a madrugada.

sou, rastilho de pólvora no coração...
sedenta boca a sussurrar emoção,
sou desabafo sibilando ao vento,
de tristeza, alegria... sou alento,

Leve-me em tuas mãos, compartilhe-me com emoção
No celular, tablet, note ou rabiscada em um papel
Mas não deixe-me órfão ao leo


Mantenha junto a mim 
a minha filiação.


...