Sou da duvida a pergunta, não a resposta... e isso por si só me basta! Não sou um ponto de ?interrogação? Mas, uma pausa no tempo... onde as reticências recitam poesia...

"Sou gaúcha é isso é certo, traga a chama da emoção o amor por está terra... honrando sua tradição!"


quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Se eu morresse amanhã?... Diga sempre a quem você ama "Eu te amo" não deixe pra depois, o depois... de repente, pode não mais existir.

 
  
















  ?

Se eu morresse amanhã,
Iria você chorar?
Certamente lamentaria
Este triste dia...
Seria capaz de me esquecer...
Ou de saudade morreria?
Teria pena de mim?...
Ah! Meu amor, eu teria,
Teria pressa de outro amor encontrar,
Ou deixaria em teu peito
Pra sempre eu ficar?
Seria capaz de me abandonar...
Deixar-me no esquecimento...
Ou pensaria em mim a cada momento?
Se eu morresse amanhã!...
De todo não morreria,
Viveria na tua lembrança,
Dia e noite, noite e dia.